Mini Houaiss   Saiba como comprar Entre em contato com a Objetiva Conheça alguns lançamentos da Objetiva para saber mais sobre a Objetiva
Compare preços
para este título
Compare preços para este título

Mini Houaiss
Dicionário da Língua Portuguesa
Antônio Houaiss
Dicionário   980 páginas
ISBN: 8573026235


A mesma qualidade do Dicionário Houaiss num volume reduzido

Lançado em setembro de 2001, o Dicionário Houaiss se transformou num dos maiores sucessos editoriais dos últimos tempos, esgotando a primeira edição de 60 mil exemplares em apenas duas semanas. O padrão de excelência da pesquisa e a acuidade na realização da obra, em todas as suas etapas, consagraram o Houaiss como o maior, o mais completo e moderno dicionário da língua portuguesa.

Concebido com o mesmo rigor e a qualidade que legitimaram o Houaiss como uma das mais eficientes obras de referência do mundo, o MINI HOUAISS chega às livrarias num volume funcional e prático — uma ferramenta eficiente, capaz de estar sempre à mão de quem dele precise para tirar as dúvidas com que freqüentemente nos deparamos no dia-a-dia.

O minidicionário define mais de 30 mil palavras e locuções da língua viva, atual, e faz isso de forma mais concisa e eficaz. As convenções usadas para informar o leitor sobre o conteúdo de cada palavra ou locução definida são muito claras e fáceis de entender, tornando a sua utilização ideal também para a sala de aula.

Informações preciosas que cabem numa bolsa

    • Definições curtas e claras
    • Gramática facilitada
    • Conjugação de todos os verbos
    • Separação silábica
    • Uso de crase, do hífen e das formas de tratamento
    • Uso de maiúsculas
    • Plurais e femininos irregulares
    • Plural de palavras compostas
    • Superlativos
    • Quadro de países, moedas e nomes pátrios
    • Busca de palavra facilitada

O usuário do MINI HOUAISS tem à sua disposição um caderno de adendos que traz: resumo gramatical; emprego do hífen; formas de tratamento de autoridades; correspondência de medidas; quadro de algarismos (arábico/romano); quadro de numerais (cardinal/ordinal/fracionário); correspondência entre os alfabetos grego e latino; lista de países e nacionalidades/idiomas/moedas; conversão de Centígrados/Fahrenheit e Fahrenheit / Centígrados e lista de elementos químicos.

No português, ou em qualquer língua viva, entram diariamente palavras novas, e muitas das existentes ganham novas acepções. Empréstimos de línguas estrangeiras, especialmente nas áreas técnica e científica, são outro meio pelo qual as línguas crescem e modernizam-se. A rigorosa seleção de palavras deste dicionário bem espelha tais fenômenos, revelando, como um termômetro sensível, muitas das alterações e pressões socioeconômicas e culturais que nos influenciam neste momento.

O homem que amava as palavras

O quinto dos sete filhos de uma família de imigrantes libaneses nasceu no Rio de Janeiro - mas muito cedo ganhou o mundo. Aos 16 anos, o jovem Antônio Houaiss começou a ensinar o português e nunca mais parou, trabalhando como professor a vida inteira. Intelectual brilhante e extremamente disciplinado, Houaiss foi tradutor, crítico, escritor, lexicógrafo, diplomata, membro da Academia de Ciência de Lisboa, presidente da Academia Brasileira de Letras e Ministro da Cultura, consagrando-se como o maior conhecedor da língua portuguesa em tempos modernos.

Autor de 19 livros, Houaiss foi o relator da IV Comissão da Assembléia Geral das Nações Unidas, cuja atribuição era conduzir o processo de descolonização de países africanos e asiáticos, na década de 60. Desenhou, organizou e realizou, em dez anos, as duas enciclopédias mais importantes já feitas no Brasil, a Delta-Larousse e a Mirador Internacional.

Crítico literário, especialista em bibliologia, documentação e lexicografia, Houaiss assinou a erudita tradução em português de Ulysses, de James Joyce. Foi autor de dois dicionários bilíngües inglês-português, organizou o Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa, da Academia Brasileira de Letras, sendo o porta-voz brasileiro do Projeto do Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa - aprovado pelo Congresso Nacional.

Há exatamente 15 anos, ele deu início à elaboração de sua obra máxima: o dicionário Houaiss da Língua Portuguesa. Assumiu o desafio e o compromisso de fazer o mais completo dicionário da nossa língua, acompanhou todas as etapas de criação e elaboração da obra - até sua morte em 1999. O dicionário foi concluído por sua equipe, hoje reunida no Instituto Antônio Houaiss de Lexicografia, no Rio de Janeiro.

O Instituto Antônio Houaiss

Uma obra tão extensa, complexa e importante como a do filólogo Antônio Houaiss é patrimônio da nação — e, portanto, precisa ser preservada e atualizada permanentemente. Com esse objetivo, foi criado o Instituto Antônio Houaiss de Lexicografia, em março de 1997.

Detentor dos direitos autorais do dicionário Houaiss, O Instituto vai aplicar os recursos advindos da obra para sua contínua revisão e atualização.

O Instituto Antônio Houaiss será também o responsável por todas as obras lexicográficas e afins geradas a partir do dicionário e de outros projetos lingüísticos de Houaiss.

Uma série de obras com a marca HOUAISS

A parceria do Instituto Antônio Houaiss com a Editora Objetiva na elaboração do dicionário Houaiss terá continuidade na realização de uma série de outros produtos lexicográficos. O minidicionário, que agora chega às livrarias, é um deles.

Os próximos lançamentos, previstos para o primeiro semestre de 2002, serão: a versão em CD-Rom do dicionário Houaiss, atualmente em fase de testes, e o Dicionário de Sinônimos.




Objetiva      Destaques      Contato      Como Comprar

editoras.com