Falcão   Saiba como comprar Entre em contato com a Objetiva Conheça alguns lançamentos da Objetiva para saber mais sobre a Objetiva
Compare preços
para este título
Compare preços para este título

Falcão
Meninos do Tráfico
MV Bill e Celso Athayde
Relato   272 páginas
ISBN: 8573027711


Este livro é um contundente relato pessoal de Celso Athayde e MV Bill sobre os bastidores da produção de um documentário explosivo que mostra, como nunca foi visto antes, o universo dos meninos que trabalham no tráfico de drogas em diversas partes do país. Celso e Bill revelam as experiências dramáticas que viveram antes e durante a realização do documentário Falcão, em narrativas que preferiram escrever em primeira pessoa, numa linguagem franca e direta. Ao longo do livro os autores também discutem temas polêmicos como racismo, segurança pública, repressão policial e a importância do Hip Hop para a juventude que vive nas favelas.

Com uma câmera na mão e a coragem de enfrentar o inesperado, Bill e Celso recolheram imagens e depoimentos estarrecedores ao longo de seis anos. Dos 17 meninos entrevistados, 16 morreram ao longo da produção do documentário. O objetivo dos autores foi mostrar o lado humano destes jovens. Suas razões, suas angústias, suas loucuras, seus sonhos, suas maldades e contradições.

"Não queremos, com este livro, apresentar soluções para a criminalidade infantil, induzir opiniões, ou fazer uma análise profunda baseada em teorias para explicar o motivo dessa tragédia. Pretendemos simplesmente narrar as dificuldades que fizeram parte do nosso dia-a-dia, durante as gravações do documentário Falcão. Fatos que ficaram marcados em nossa consciência, em nossa alma."

Falcão – Meninos do Tráfico abre uma nova discussão sobre a questão da segurança pública. Um livro fundamental para quem pretende entender o problema da violência no Brasil.

MV Bill é o rapper mais famoso do Brasil e o mais importante política e ideologicamente. Nascido e criado na Cidade de Deus – onde reside até hoje –, é co-autor do livro Cabeça de Porco (Objetiva), uma parceria que deu certo entre, Celso Athayde e Luiz Eduardo Soares. Bill também é co-produtor e co-diretor dos filmes Falcão – Meninos do Tráfico e Falcão – O Bagulho É Doido. Recebeu a medalha da Unicef, o título de Cidadão do Mundo – conferido pelas Nações Unidas –, o de Cidadão Benemérito do Rio de Janeiro e os prêmios Orilaxé e MTV.

Celso Athayde nasceu na Baixada Fluminense, mas cresceu na Favela do Sapo, em Senador Câmara. Tornou-se o mais importante produtor de Hip Hop do Brasil, através do projeto Hutúz. É co-produtor e co-diretor dos filmes Falcão – Menino dos Tráficos e Falcão – O Bagulho É Doido. Também é fundador da Cufa (Central Única das Favelas). Cuida ainda da agenda de grandes nomes do Hip Hop brasileiro, como Nega Gizza e MV Bill.

DEPOIMENTOS SOBRE O LIVRO

"Imperdível. Esta viagem  pelo mundo devastador das drogas e da  marginalidade é contada aqui de forma original e familiar. Os dois autores revisitam os personagens perplexos da literatura policial do século XX, e trazem a mesma emoção que experimentamos ao ler aqueles detetives - que narram as investigações associando suas próprias memórias ao relato. Bill e Celso, que conhecem profundamente as condições em que vivem estes jovens, são certamente os melhores detetives e narradores de um mundo que precisamos entender, sem estereótipos.".
Joel Zito Araújo, cineasta, autor de A Negação do Brasil e Filhas do Vento.

"Esta é uma obra de impacto. Com as sensíveis e sofridas histórias desse livro, o Mestre da Verdade, Bill, e seu parceiro-irmão Celso Athayde assumem, com imensa coragem, solidariedade e amorosidade, o compromisso radical com uma verdade maior: só seremos um país efetivamente humano quando esse genocídio acabar; e quando conseguirmos implantar políticas públicas cujo eixo central seja a preservação da vida e da dignidade humana de todos os cidadãos, em particular as crianças e os jovens. E todos nós somos responsáveis por elas, e por suas conseqüências."
Jailson de Souza e Silva, coordenador geral do Observatório de Favelas do Rio de Janeiro, professor da UFF/RJ e consultor do UNICEF

"Vidas e talentos atolados no abandono e no descaso social. Cenas cruas de desumanização e degradação de seres humanos que, ainda assim, resistem e sonham até a próxima bala perdida ou intencional. É essa realidade dantesca que MV Bill e Celso Athayde retratam, com a viva esperança de que as notícias que trazem desse outro mundo possam ecoar onde ainda existam indignação, solidariedade e compaixão."
Sueli Carneiro, doutora em Educação pela USP e diretora do Geledés Instituto da Mulher Negra

"Este livro mostra o compromisso de MV Bill e Celso Athayde, dois jovens de vanguarda no Brasil que abandonaram seus discursos, arregaçaram as mangas e se entregaram a causas polulares. Vivem no olho do furacão."
Preto Zezé, militante do movimento de favelas do Ceará

"Uma panorâmica do Brasil real, do Brasil que não passa na novela das oito. Ao dar voz a esses meninos, o livro nos coloca em uma sinuca de bico. Eles querem optar, eles querem uma chance, têm sonhos, têm esperanças, têm o que falar. Mas, como nos sinais de trânsito das nossas cidades, viramos a cara para eles, sentimos medo ou desprezo, pior, ficamos indiferentes. Por que não parar um instantinho para ouvi-los?"
Guti Fraga, diretor e fundador do Grupo Nós do Morro




Objetiva      Destaques      Contato      Como Comprar

editoras.com