Cartas de aniversário   Saiba como comprar Entre em contato com a Record Conheça alguns lançamentos da Record para saber mais sobre a Record
Compare preços
para este título
Compare preços para este título

Cartas de aniversário
Ted Hughes
Poesia   400 páginas
Tradução de Paulo Henriques Britto
ISBN: 8501053759

Pesquise títulos desta editora no Mercado Livre

"Escrito sem planejamento ao longo de 25 anos, este é um livro no qual eu tentei estabelecer um contato direto e íntimo, com minha primeira mulher, não pensando em fazer um poema, mas principalmente pensando em evocar sua presença e senti-la ali, escutando." Foi assim, como um acerto de contas com o passado e uma busca de compreensão, que Ted Hughes escreveu os poemas de CARTAS DE ANIVERSÁRIO. Exceto dois, todos são dirigidos a Sylvia Plath, que em 1963, aos 30 anos, poucos meses depois da separação do casal, deitou-se na cozinha e abriu o gás. Hughes a deixara para ficar com Assia Wevil, que mais tarde também se matou, usando o mesmo método de Plath.

Os poemas de CARTAS DE ANIVERSÁRIO foram sendo feitos aos poucos. O primeiro foi escrito alguns anos após a morte de Sylvia, ao mesmo tempo em que Hughes se recusava a falar sobre a vida do casal, ou responder às feministas, que o culpavam pelo suicídio (chegando mesmo a falar em assassinato), promoviam manifestações durante a leitura pública de poemas seus e até arrancavam seu nome da lápide de Sylvia. Hughes só decidiu dar sua versão, reunindo os poemas, ao descobrir que estava com um câncer que o mataria em 18 meses, em outubro de 1998.

E sua versão, contada trinta e cinco anos depois, mereceu manchete e editorial do Times de Londres, e permaneceu meses nas listas dos mais vendidos na Inglaterra e nos Estados Unidos, chegando ao primeiro lugar, raro para obra poética. Sua versão é uma crônica amorosa, melancólica e às vezes perplexa do seu casamento, desde o momento em que Ted conheceu Sylvia em Cambridge, os dois anos passados nos Estados Unidos, onde lecionavam, o nascimento dos filhos Frieda e Nicholas, a separação. Ted tenta compreender Sylvia, seus rompantes, sua obsessão com o pai morto quando ela tinha oito anos, as tentativas de suicídio anteriores.

Filho de um carpinteiro, Edward James Hughes nasceu em Mytholmroyd, Yorkshire, se formou em Cambridge e em 1957 publicou seu primeiro livro de poemas, Hawk in the rain. Também escreveu três livros em prosa, entre eles Dificuldades de um noivo, dois libretos de ópera e quatro peças teatrais, além de livros infantis em prosa e verso. Poeta Laureado da Grã-Bretanha, Hughes é considerado um dos maiores poetas britânicos do século XX, ao lado de Eliot, Auden e Seamus Heaney.

"É um livro poderoso como uma tragédia grega. Você apreende de imediato a tensão presente na vida em comum de Ted Hughes e Sylvia Plath, vivida com grande intensidade. Cada verso é visionário."Tom Paulin

"Os poemas são expressos de forma direta, com uma melancolia que ocasionalmente nos faz recordar Lowell e com aquela natureza violenta que Hughes partilha com Lawrence."The New York Review of Books

"Todos que pensaram que a reticência de Hughes era sinal de um coração de pedra verão imediatamente como foram tolos. Este é um livro escrito por alguém profunda e obsessivamente apaixonado."Daily Telegraph




Record      Destaques      Contato      Como Comprar

editoras.com